20 Dez 2016
Inapa conclui aquisição da Papyrus França e desinveste da Suíça

O Grupo Inapa, a única empresa cotada no setor da distribuição de papel na Europa, conclui hoje a aquisição da operação francesa da Papyrus, anunciada em setembro deste ano, e desinveste da sua operação na Suíça.

As tendências de mercado no setor da distribuição de papel justificam a necessidade de consolidação. A Inapa tem um papel ativo e de liderança nesse processo com a transação agora anunciada em França e na Suíça. Com a aquisição da Papyrus France, centrada na distribuição de papel para o sector gráfico e de escritório, o Grupo Inapa reforça a sua presença no mercado francês que é, atualmente, um dos países que mais contribui para o seu volume de negócios.

“Este é um passo muito importante na estratégia do Grupo. França representa atualmente 25% do volume de negócios do Grupo e, com esta aquisição, passará a representar aproximadamente 35%, permitindo à Inapa reforçar a sua posição de liderança no mercado local “ refere o CEO do Grupo, Diogo Rezende.

O ano passado, em França, a Papyrus teve uma faturação de 156 milhões de euros e a Inapa de 165 milhões de euros. “ A combinação do negócio das duas empresas vai acelerar a nossa estratégia de crescimento do Grupo, permitindo-nos melhorar o nosso nível de eficiência e de serviço ao cliente, pois alcançamos uma posição mais forte na escala de eficiência. É com um enorme prazer que damos as boas-vindas a todos os colaboradores, clientes e fornecedores da Papyrus, pois estamos entusiasmados com o nosso futuro juntos”, explica Diogo Rezende.

Em simultâneo, a Inapa vendeu a sua operação na Suíça (Inapa Suíça) ao Grupo Papyrus. “Acreditamos que a estratégia de crescimento da Papyrus na Suíça vai proporcionar trazer um futuro forte e sustentável para ambas as empresas, beneficiando os clientes, com um bom serviço, e os empregados, com um negócio forte e estável “, acrescenta Diogo Rezende. A Inapa Suíça em 2015 teve uma faturação de 52 milhões de euros.

Estas transações integram o plano estratégico do Grupo Inapa para o triénio 2016-18, permitindo prosseguir o seu vetor estratégico de melhorar a eficiência no negócio de papel. A Inapa espera aumentar o seu volume de negócios, fortalecer a sua posição num dos maiores mercados Europeus, França, e beneficiar de escala de eficiência. Também se encontram alinhadas com o vetor estratégico da sustentabilidade, pois as transações são feitas sem recurso a dívida adicional.